Dicas da Empório para o seu dia-a-dia.

Sorvete Caseiro

Como-fazer-sorvete-de-manga-caseiro

Que tal dar uma refrescada nestes dias quentes?

Muitas pessoas acham que é super difícil de fazer seu sorvete em casa, mas é fácil mesmo. Com essa receita de sorvete você vai se refrescar e curtir os dias quentes numa boa.

O que você vai precisar?

  • 1 lata de leite condensado;
  • 1 lata de creme de leite;
  • 1 medida da lata de uma fruta de sua preferência.

 

Modo de fazer

1º Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata tudo.

2º Despeje o conteúdo em um recipiente grande e leve ao freezer ou congelador por duas horas.

3º Após as duas horas, retire e mexa o sorvete com uma colher de pau, depois coloque para gelar por mais duas horas.

Agora é só se deliciar.

Fácil, fácil. Vamos fazer agora?

 

 

 

Toalhas, como cuidar delas?

08.29.08_Thumb

A toalha de banho é uma peça que está fortemente ligada à higiene pessoal e em uso constante no dia-a-dia. Por estar sempre ao alcance, é comum que a peça se desgaste e tenha uma vida útil curta. Entretanto, a durabilidade do produto pode ser ampliada se alguns erros forem evitados antes, durante e depois do uso.

1. Usar amaciante

O uso do amaciante de roupas faz com que as toalhas percam a capacidade de absorção. Uma dica é substituir o produto por vinagre: no último enxágue, acrescente um copo de vinagre no compartimento para amaciante da máquina de lavar. O vinagre não diminui a capacidade absorvente das fibras, deixa o tecido mais macio e ainda ajuda a preservar as cores. Os alvejantes também devem ser evitados.

2. Misturar com outras roupas na lavagem

O ideal é que as toalhas sejam lavadas separadamente. Zíperes, botões e objetos pontudos podem puxar os fios do tecido durante a lavagem na máquina, daí a importância de não misturá-las com a roupa comum. Além disso, separar as toalhas por cor elimina os riscos de manchas.

3. Pendurar em ganchos

É comum dispor de ganchos ou argolas para pendurar as toalhas no banheiro depois de usadas. Porém, esses acessórios dificultam a secagem, o que pode causar a proliferação de fungos e bactérias no tecido. O mais indicado é que as toalhas sejam estendidas completamente abertas no box do banheiro ou no varal.

4. Armazenar antes da secagem

Se o uso de ganchos e argolas já pode causar proliferação de fungos e bactérias, o hábito de armazenar as toalhas ainda úmidas tem o mesmo efeito. Jamais dobre uma toalha que ainda está úmida. A mesma regra vale na hora de colocá-la no cesto de roupas sujas: espere que ela esteja totalmente seca.

5. Passar com ferro a vapor

O ferro a vapor danifica a felpa e dá ao tecido da toalha um aspecto áspero. Por isso, na hora de passar sua toalha, o melhor a fazer é evitar o ferro a vapor e ajustar a temperatura correta para algodão.

5599_1_20130906102730

6. Secar na secadora

O uso excessivo de secadora acaba danificando as fibras do tecido. O mais acertado é deixar as toalhas secarem no varal e, de preferência, da sombra, já que o sol pode acabar manchando e desbotando a peça.

7. Lavar com pouca frequência

Toalhas ficam sujas com rapidez. Para evitar que ela fique encardida ou com mal cheiro, o ideal é que seja lavada de uma a duas vezes por semana.

8. Usar sempre a mesma toalha

Utilizar uma toalha, lavá-la e utilizá-la novamente vai fazer com que a peça se desgaste mais rápido. Rotacionar as suas toalhas faz com que elas sejam usadas e lavadas com menos frequência. Assim, a durabilidade das peças será maior.

9. Colocar em contato com cosméticos

Na hora de usar a toalha é importante prestar atenção aos cosméticos! “Produtos como bronzeadores, maquiagens, cremes, água oxigenada e acetona podem manchar o tecido”, alerta Struck. Tome cuidado também com sachês aromatizantes: eles podem soltar corantes e manchar a peça.

10. Guardar no banheiro

Por ser geralmente úmido, o banheiro não é o local mais indicado para armazenar suas toalhas limpas. Prefira mantê-las em lugares secos, dobradas ou enroladas.

Seguindo as dicas e evitando esses erros é possível manter suas toalhas sempre bem higienizadas e bonitas, além de conferir às peças uma vida útil muito mais longa!

Fonte: Dicas de Mulher

O que apostar no verão 2016?

Com a chegada do calorzinho é hora de começar a se preparar  para entrar com tudo na estação mais quente e colorida do ano. Separamos algumas dicas para você ficar por dentro de tudo que estará em evidência nesta estação. As cores que estarão em alta são: Vermelho, Laranja, Bege, Rosa, Amarelo, Verde, Petróleo e Branco.

Algumas tendências da estação:

Transparências: especialmente nas blusas, nas mangas, decotes e barras.

Transparência

Estampas florais: Nas saias, blusas e vestidos.
Estampas africanas: Nas saias, blusas e vestidos – tons coloridos e estampas marcantes – estampas geométricas e com animais remetendo a selva.
Renda: nos vestidos, blusas e macaquinhos.

blusa-feminina-detalhe-em-renda-com-pedras-19161-MLB20166545293_092014-O

Macaquinho: peça em alta nesta estação com estampa, liso, apliques, rendas,etc.

macaquinho-animal-print

Tecidos leves: em todas as peças, o que vale é dizer xô para o calor.
Cintura alta: estarão em alta, especialmente no short.
Shortinho: solto, em malha ou outro material leve, cores marcantes e estampado.

Short

Estampas tropicais: que remetem a praia e ao clima jovem e descontraído.
Franjas: especialmente nas blusas elas aparecem como detalhes que e atribuem charme e elegância as peças.
Laços: dão um tom delicado e chique as peças, aparecem em detalhes.
Jeans: O jeans vai estar em alta nesta estação nas mais diversas padronagens, especialmente os desfiados, rasgados e com apliques.
Recortes: seja nas costas, na cintura, os recortes ousados e simétricos aparacem nas peças neste verão especialmente em blusas e vestidos.

E agora? Passa no Empório e conheça nossa coleção primavera-verão que acaba de chegar nas lojas e entre com tudo nestas tendências de moda.

Lenços, como usar?

como-amarrar-lencos

Além de serem aliados na hora esquentar no inverno, os lenços deixam qualquer look cheio de estilo. Mas qual a forma mais legal de amarrar o acessório? Pode ser simples ou mais complexa, o que vale na hora de arrematar o visual é a criatividade.

Nesta época do ano os lenços se tornam peças coringas no nosso guarda-roupa certo e o acessório certo para investir para enfrentar as manhãs e noites mais geladas. Além disto, os lenços, echarpes e cachecóis são acessórios versáteis, que permitem utilização de várias maneiras, funcionais na hora de esquentar e de diferenciação – podem ser a peça-chave de uma produção tranquilamente.

Hoje, a amarração de tecido em volta do pescoço pode se resumir em três tipos de peças principais: a echarpe, o lenço e o cachecol.

Embora as três possuam como função primária a proteção contra o frio e o vento, se diferenciam pelo material e corte: o lenço é uma peça de corte quadrado e tecidos mais leves, enquanto a echarpe e o cachecol possuem corte retangular, com a diferença de tecido: cachecóis são fabricados em tecidos mais pesados e têm efeito volumoso, para proteger o pescoço e a garganta, enquanto echarpes são feitas de tecidos leves ou mais nobres, e podem ser utilizadas também em eventos formais, cobrindo os ombros, por exemplo.

Confira este vídeo com dicas super simples para arrasar com seus lenços: Clique Aqui e Confira 25 Maneira de Usar Lenço

Abaixo também 4 jeitos super charmosos e fáceis de usar estes acessórios indispensáveis no guarda-roupa.

Como-Usar-Lencos

Calça Jeans, qual é a certa para você?

A calça jeans está entre os itens mais básicos do guarda-roupa, mas a infinidade de modelagens disponíveis no mercado pode confundir na hora da compra. Por isso, é preciso saber escolher o corte ideal para as proporções do seu corpo, que vão valorizar a silhueta e deixar o look mais harmonioso.

Modelos-de-calcas-jeans

Calça reta

A calça reta, que vai reta do joelho até o pé, favorece todos os tipos de corpo e ajuda a alongar a silhueta. As calças com tons mais escuros também são melhores para deixar você bem. O bom da calça reta é que ela combina com qualquer tipo de sapato. Dica: jeans apertado e de cintura baixa não é bom para alongar o corpo e deixam as gordurinhas aparecendo.

Calça skinny

A  calça skinny está super na moda e é justa da cintura até os pés. Elas possuem um material que se adapta mais ao corpo e marca bastante. Elas podem ser usadas com sapatilhas e botas por cima da calça. Cintos e camisetas mais compridinhas são bem-vindas. Só tome cuidado, pois caso você tenha o quadril largo ou as coxas muito grossas, essa calça aumenta ainda mais a silhueta.

Skinny

Calça de cintura alta

Para usar a calça de cintura alta, o seu corpo deve ser bem proporcional. Esse modelo chama a atenção para os quadris e seios. Para quem é baixinha, é uma excelente pedida, já que a calça de cintura alta alonga as pernas. Caso a calça seja justa, as blusas devem ser mais larguinhas. São ótimas pra quem deseja disfarçar a barriguinha. Aproveite para abusar desse modelo, pois, assim como o flare, está super em alta!

Cintura-alta

Calça justa

As calças justas são excelentes para quem quer disfarçar quadris largos, principalmente com bolsos traseiros grandes e de cintura alta. Quem tem coxas grossas deve evitar esse tipo de calça, já que ela marca bastante. Porém, se você quiser valorizar as curvas, é uma boa pedida.

Calça Estampada

A estampa dá volume ao look, por isso, é ideal para as magrinhas. Quem quer dar impressão de pernas mais grossas, deve apostar no modelo.

Estampada

Calça Flare: o modelo flare (nosso bom e velho boca de sino), diminui os quadris harmonizando as proporções. Isso acontece porque a calça tem a boca bem mais larga que as demais.

Flare

Calça Boyfriend - o jeans mais larguinho, como o boyfriend, afina as pernas, pois ele disfarça o volume das coxas.

Boyfriend

Calça com acessórios na horizontal

Modelos com acessórios, como zíper, spikes e pedrarias, na horizontal, são uma boa pedida pra quem tem quadris estreitos e deseja destacar a região.

Dicas para se alimentar de forma saudável sem gastar muito

Quando começamos a nos preocupar com uma alimentação mais balanceada temos a ideia de que para se alimentar bem é preciso gastar muito. Entretanto, é possível se alimentar bem, sem gastando pouco, basta estar atento na hora de escolher o que comprar. Boa alimentação não é sinônimo de riqueza, mas de escolhas corretas. É possível gastar pouco e ganhar muito com a sua saúde. Então, que tal deixar de adiar e começar a colocar em prática uma alimentação mais saudável sem precisar gastar muito para isso?

Confira estas Dicas!

Nas Compras

Esse é um momento tentador para qualquer um que esteja começando a apostar em novos hábitos agora. Resistir ao pacote de bolachas recheadas e ignorar as comidas prontas é um desafio, principalmente para quem precisa fazer refeições rápidas e adora uma praticidade.

15-alimentos-saudaveis-do-supermercado

O que evitar?

1. Alimentos Congelados

Ao contrário do que pode parecer, o consumo de vegetais congelados não é um inimigo da alimentação saudável. Produtos como milhos e ervilhas conservados em latas não preservam os nutrientes e são acompanhados de conservantes, enquanto os pacotes congelados tendem a mantê-los por conta das baixas temperaturas.

2. Opções prontas

Assim como os enlatados devem ser evitados, a nutricionista Bárbara recomenda que refrigerantes e sucos de caixinha também sejam descartados. Uma substituição possível é a polpa de fruta congelada ou o próprio suco natural. Para o caso de frutas que precisam ser descascadas para o consumo, por exemplo, a especialista sugere suas versões mais práticas: “existem frutas embaladas e liofilizadas, que são pedaços que passaram por uma baixa temperatura e mantêm a pigmentação e o formato original”.

alimentos-saudaveis-para-perder-peso

Como eu faço?

1. Menos é mais

Um dos pontos mais batidos nas reeducações alimentares diz respeito à quantidade de refeições feitas diariamente. Além da qualidade do que se ingere, é importante se alimentar mais vezes por dia em porções menores, desse modo fica mais fácil se certificar de comer melhor, além de garantir um melhor funcionamento do metabolismo.

2. A arte de cozinhar

Inevitavelmente, quem gosta de cozinhar já deve ter observado pelo menos uma vez que a melhor forma de comer bem de verdade é preparando sua própria refeição ou, pelo menos, tendo algum controle sobre aquilo que vai consumir. Alimentar-se em restaurantes nem sempre é uma boa opção, já que dificilmente é possível saber de todos os ingredientes utilizados no prato escolhido.

3. Doces naturais

Às vezes, parece que um pouco de açúcar pode fazer milagres, uma sobremesa pode fazer toda a diferença depois de um jantar, mas nem sempre um chocolate ou tortas cheias de recheios combinam com hábitos saudáveis de alimentação. Açúcares naturais, encontrados em frutas e alguns vegetais, são preferíveis nesses casos, principalmente por serem ricos em vitaminas e, portanto, mais nutritivos.

4. Produtos integrais

Substituir alimentos refinados pelos integrais também é uma ótima maneira de garantir uma refeição saudável, principalmente no que diz respeito a grãos e cereais. Isso acontece porque o processamento costuma diminuir a taxa de fibras dos produtos.

_3329215

5. Na panela

Uma dica fácil de ser realizada — principalmente para quem tem prazer em se aventurar na cozinha — e que não dói no bolso é preferir temperos naturais para dar mais sabor às refeições. Os ingredientes como orégano, pimentas, curry (molho de tempero), de uma forma geral, possuem componentes antioxidantes e zero caloria. Se você precisa fugir do sódio, outra opção interessante é usar limão em vez de sal, principalmente em saladas.

6. Bebeu água? Durante as refeições, é importante evitar a ingestão de líquidos, principalmente porque esse hábito pode diluir o suco gástrico e, assim, causar reações como azia, além de “enganar” o estômago, fazendo com que você sinta-se cheio antes de realmente estar. Isso pode até parecer bom em um primeiro momento, mas, dessa forma, os nutrientes são metabolizados mais rapidamente, o que faz com que a fome volte mais cedo. Entre as refeições, o indicado é não consumir sucos ou refrigerantes. Para matar a sede, a água ainda é a melhor amiga do ser humano e o ideal é que, em média, sejam consumidos dois litros do líquido por dia.

tyi6roi6

7. Pratos mais coloridos Se você tem dúvida se está comendo de forma saudável, uma boa avaliação a ser feita é do quanto suas refeições coloridas. Vegetais, verduras e frutas podem ser ingeridos nas suas mais diversas variedades e o ideal é que cada tipo desses alimentos seja consumido em uma refeição diferente. Essas opções naturais são ricas em vitaminas, antioxidantes, fibras, cálcio e ferro, dentre outros elementos que precisam ser repostos no organismo humano. Caso você ainda esteja pesando os valores de cada estilo de vida, a nutricionista Bárbara Rodriguez atenta para um último detalhe: “opções como verduras, legumes e frutas às vezes são mais acessíveis e sempre mais nutritivas do que fast food, por exemplo”. São várias as observações exigidas de quem quer se alimentar melhor. No começo, pode até parecer complicado demais, porém, como acontece com todo novo hábito, a adaptação é uma questão de tempo e, pelo menos neste caso, os benefícios são gratificantes!

Fonte: Dicas de Mulher

10 piores alimentos para o ser humano

A alimentação equilibrada é base para a prevenção de doenças e desconfortos no nosso dia-a-dia.

Confira os 10 piores alimentos para a nossa saúde e bem estar e procure diminuir ao máximo da sua dieta para uma melhor qualidade de vida. Porém, está é uma tarefa complicada já que o que não falta nos supermecados são alimentos que são tentadoramente saborosos, mas que fazem muito mal ao organismo se consumidos indiscriminadamente.

10º lugar – Sorvete

O sorvete não contém apenas açúcar em excesso, mas também gorduras trans e os perigosos corantes e saborizantes artificiais, que são conhecidos na comunidade científica como neurotoxinas, pois estas substâncias químicas causam danos ao cérebro e ao sistema nervoso. Para fugir dos danos que o sorvete pode causar à saúde consuma-o esporadicamente, leia o rótulo do produto para selecionar um que contenha menos substâncias maléficas à saúde e dê preferência ao consumo de frozen natural de frutas.

sorvete-caseiro

9º lugar – Biscoitos de farinha de milho

Os biscoitos de farinha de milho de todos os tipos e sabores, conhecidos como salgadinhos, são ruins para o corpo humano, pois são feitos com milho geneticamente modificado e fritos em óleo rançosos.

Os principais males destes biscoitos são a rápida elevação dos níveis de açúcar no sangue, que pode provocar alterações de humor e ganho de peso; e a propensão a inflamações. Substituir os salgadinhos de milho, por biscoitos assados de farinha integral é a melhor solução.

8º lugar – Pizzas congeladas

Comer pizza semanalmente às sextas feiras é um hábito muito comum entre os brasileiros, porém deve-se cuidar para que esta seja feita com ingredientes frescos e saudáveis, pois a maioria das pizzas congeladas vêm com substâncias conservantes que fazem mal. Além disso, estas pizzas são feitas de farinhas branqueadas que ao reagir com o organismo causa desregulação do equilíbrio do açúcar no sangue.

7º lugar – Batata frita

As batatas fritas não só são ricas em gorduras trans, como também contém uma das mais potentes substâncias cancerígenas: a acrilamida. A acrilamida é produzida quando há a reação da batata com altíssimas temperaturas. Se ainda por cima as batatas forem fritas em um óleo rançoso, o risco é aumentado pela possibilidade de desenvolver também doenças do coração e artrite.

batata-frita-1f69d4

6º lugar – Batata Chips

Segundo o órgão governamental responsável por regular os assuntos relativos à saúde no Canada, as batatas chips, ou seja, salgadinhos de batata assados, são mais prejudiciais que a batata frita, pois seu processo de fabricação implica em submeter as batatas a altíssimas temperaturas, favorecendo a formação de grandes índices da substância cancerígena acrilamida.

5º lugar – Bacon

De acordo com pesquisas recentes do jornal norte americano Circulation, criado pela American Heart Association, o consumo de carnes processadas, como o bacon, diariamente aumenta o risco de doenças cardíacas em 42% e diabetes em 19%. Além disso, um estudo da Universidade de Columbia descobriu que o consumo de bacon 14 vezes no mês pode causar danos nas funções do pulmão e aumentar o risco de doenças neste órgão.

4º lugar – Cachorro-quente

Um estudo da Universidade do Hawaii revelou que o consume de cachorro quente e outros pratos feitos com embutidos aumentam em 67% o risco de câncer no pâncreas.

Um dos ingrediemtes encontrados tanto na salsicha do cachorro quente quanto no bacon, e possivelmente em outros embutidos é o nitrito de sódio, que é associado a leucemia e tumores no cérebro em crianças e ao câncer de intestino e reto.

hot dog

3º lugar – Rosquinhas açucaradas

As roquinhas açucaradas, conhecidas como donuts nos Estados Unidos, e no Brasil equivalentes a doces como carolinas glaceadas e sonhos, têm de 35% a 40% da perigosa gordura trans. Esta quantidade excessiva de gorduras trans pode causar tanto doenças no cérebro e no coração, quanto diversos tipos de câncer.

2º lugar – Refrigerante

De acordo com pesquisas do Dr. Joseph Mercola, “Uma latinha de refigerante tem em media 10 colheres de chá de açucar, 150 calorias, de 30 a 55miligramas de cafeína e é repleta de corantes artificiais e sulfitos.”.

Esta informação por si só deveria fazer as pessoas repensar o consume de refrigerantes, mas além disto, sabe-se que o refrigerante, principalmente os de cola, são ácidos e dificilmente trabalhados pelos rins e que para o organismo equilibrar a acidez deste líquido ele utiliza de minerais alcalinos como o cálcio, o que promove o enfraquecimento dos ossos. Refrigerantes são vinculados em diversos estudos à osteoporose, obesidade, perda de dentes e doenças dos rins e coração.

Refreshing Brown Soda with Ice

1º lugar – Refrigerante diet

Consumir refrigerantes diet é uma alternativa para quem quer reduzir o consumo de açúcar, mas esta bebida é considerada a pior dentre todos os alimentos maléficos ao organismo humano, pois contém o adoçante aspartame.

De acordo com uma pesquisa da Lynne Melcombe, autora do livro, ainda sem versão em português, Health Hazards of White Sugar, o aspartame é causador de problemas como: ataques de ansiedade, compulsão alimentar e por açúcar, defeitos de nascimento, cegueira, tumores cerebrais, dor torácica, depressão, tonturas, epilepsia, fadiga, dores de cabeça e enxaquecas, perda auditiva, palpitações cardíacas, hiperatividade, insônia, dor nas articulações, dificuldades de aprendizagem, TPM, cãibras musculares, problemas reprodutivos, e até mesmo a morte.

Portanto, fuja deste tipo de adoçante, pois pesquisas mostram que seu consumo exagerado tem efeitos tão severos que podem ser confundidos com doenças graves como mal de Alzheimer, síndrome de fadiga crônica, epilepsia, vírus Epstein-Barr, doença de Huntington, hipotireoidismo, doença de Lou Gehrig, doença de Lyme, doença de Ménière, esclerose múltipla e síndrome pós-pólio.

Comece hoje mesmo a deixar sua dia-a-dia ainda mais saudável.

Nas próximas dicas ensinaremos algumas receitas e indicaremos alguns alimentos que são aliados para uma alimentação balanceada.

Fonte: Dicas de Mulher

Aromatizantes de Ambiente Caseiro, Como Fazer?

Aromatizante CaseiroQue tal renovar a sua casa com aromatizantes caseiros que você mesmo pode fazer?

Os aromatizantes são uma ótima alternativa para deixar a sua casa ainda mais aconchegante. Além disto, cada aroma desperta uma sensação diferente, assim, existe aquele que é ideal para cada ambiente e momento. Confira algumas dicas de aromatizantes para o seu lar, doce, lar.

 

De acordo com o Feng Shui, um aromatizador de limão, por exemplo, é revitalizante e atrai alegria para o ambiente. O aroma de canela tem o poder de abrir o apetite, estimular o diálogo e a felicidade, por isso, pode ser perfeitamente colocado em uma sala de jantar.

Um aromatizador de laranja oferece um efeito relaxante e calmante e é uma ótima opção para ser usado na sala de televisão. Já o aroma de eucalipto favorece a concentração e pode ser colocado em uma sala de estudos ou escritório.

Na cozinha, que é um ambiente onde, normalmente, há uma grande mistura de cheiros, a recomendação é apostar em aromas cítricos, como laranja, limão ou tangerina. O hortelã também é uma boa opção, atrai paz e aquela sensação de conforto.

Nos quartos, o aroma de alfazema pode purificar as energias e aclamar. Já o almíscar, é indicado para criar momentos de intimidade. Mas esses são apenas alguns exemplos, existem por aí muitos aromas que podem fazer a diferença na sua casa!

Confira abaixo algumas ideias e prepare o seu aromatizador caseiro, gastando pouco e, o mais importante, deixando sua casa com ótimas energias:

1. Aromatizador com cascas de laranja

Utilize:

  • Água
  • Cravos da índia
  • Cascas de laranja (ou de tangerina)

Prepare:

Junte os ingredientes em uma panela e espere ferver. Quando começar a sentir o cheiro agradável, tire do fogo. Despeje a mistura em um pote bonito ou copo, de preferência colorido – que você encontra facilmente em lojas populares –, e deixe no espaço que quiser perfumar.

2. Aromatizador com limão e alecrim

Utilize:

  • 1/4 de maçã em fatias finas
  • 1 limão pequeno em rodelas
  • 1 galho pequeno de alecrim fresco
  • Água
  • 1 pote de vidro (pode ser de geleia, por exemplo)
  • 1 aparelho de fondue de cerâmica

Prepare:

Coloque a maçã, o limão e o alecrim no pote de vidro. Despeje sobre eles água quente (um pouco antes de ferver). Acenda a velinha do aparelho de fondue e acomode com cuidado o pote destampado em cima. Outra dica prática é usar o próprio pote de cerâmica que vem com o aparelho no lugar do pote de vidro. O aromatizador está pronto! À medida que for aquecendo, a fragrância natural vai sendo liberada. Mas vale destacar que o aromatizador deve ser monitorado, ou seja, não vale acender o aparelho e sair de casa, afinal, estamos mexendo com fogo.

aromatizador-caseiro-2-2

3. Aromatizador “em gel”

Utilize:

  • 2 copos de água
  • 4 pacotinhos de gelatina sem sabor
  • 15g a 20g de essência de sua preferência
  • 2 colheres de sopa de sal
  • Corante alimentício
  • Pote de vidro

Prepare:

Aqueça um copo de água. Misture a essência e o corante de sua preferência e, assim que a mistura levantar fervura, desligue o fogo. Misture a gelatina sem sabor e o sal até dissolver completamente. Adicione o segundo copo de água fria e mexa com cuidado. Despeje o líquido em um ou mais potinhos de vidro e deixe esfriar para endurecer. Você pode colocar na geladeira se quiser que endureça mais rápido.

4. Aromatizador em flor

Utilize:

  • 1 recipiente de vidro
  • Sal grosso
  • Laranjas
  • Cravo da Índia

Prepare:

Descasque a laranja em uma única tira só e a enrole como uma flor. Faça pelo menos três iguais. No recipiente de vidro, coloque 1 ou dois 2 dedos de sal grosso e ajeite as flores de laranja em cima. Em, seguida enfeite com os cravos da Índia. Também podem ser usadas folhas e flores secas. O aromatizador caseiro está pronto!

aromatizador-caseiro-4

5. Aromatizador na lâmpada

Uma dica diferente, mas que pode dar certo, é transformar uma lâmpada da sua casa, por exemplo, a da sala, em um aromatizador de ambiente.

Utilize:

  • 1 lâmpada
  • 1 pequeno pedaço de algodão
  • Sua essência favorita

Prepare:

Quando a lâmpada estiver fria, desinstale-a. Utilizando o pedaço de algodão, molhe a lâmpada (do lado de fora, no vidro apenas) com sua essência preferida. Deixe secar por completo e instale novamente. Quando ligá-la, o calor da luz fará o cheiro exalar.

6. Aromatizador com palitos

Utilize:

  • 200 a 250 ml de álcool de cereais
  • 50 ml de água
  • 50 ml de essência
  • 10 ml de fixador
  • Corante a gosto
  • Palitos de churrasco (com as pontinhas cortadas)
  • 1 pote (pode ser um frasco de sabonete líquido que já terminou, por exemplo)

Prepare:

Em uma vasilha, misture todos os ingredientes e coloque no freezer por 5 dias para macerar. Se não for possível colocar no freezer, é só deixar macerar em frasco fechado em local escuro por 10 dias. Coloque no frasco e inclua os palitos. Sempre que possível vire os palitos, para que o aroma “circule” melhor.

difusor de vareta                                                         Fonte: Dicas de Mulher

 

 

10 dicas de Feng Shui para harmonizar sua casa

O-que-e-o-Feng-Shui

Uma técnica chinesa milenar para levar bem-estar para dentro de casa, o Feng Shui ensina como compor ambientes mais saudáveis e harmônicos a partir de padrões de vibração energética. A ideia é que o lugar onde você está, seja sua casa ou escritório, proporcione a sensação de equilíbrio físico, mental e espiritual.

“Todo espaço de moradia ou trabalho é como um corpo vivo, cujos órgãos são seus diversos ambientes. Para que exista saúde, cada um precisa estar harmonizado com todos os demais”, explica a consultora Silvana Occhialini, fundadora do Instituto Brasileiro de Feng Shui.

Acredite ou não na parte mística, o fato é que os cômodos organizados dentro dessas diretrizes ficam mesmo incríveis. A beleza vem da combinação harmônica das cores e também da disposição dos móveis para aproveitar melhor o espaço.

Obviamente, para conseguir uma assessoria completa e precisa, o ideal é consultar um especialista na técnica chinesa, mas o que muita gente não sabe é que existem algumas práticas de Feng Shui simples e fáceis de implementar em casa ou no trabalho. Confira algumas delas:

1.Mantenha a porta de entrada livre. Muita gente costuma encher a porta de entrada da casa com vasos, enfeites e colunas, mas esse hábito é desaconselhado pelo Feng Shui. O ideal é que o espaço fique livre para não bloquear o fluxo de energia para a casa.

2. Não bloqueie passagens com móveis. Seguindo a mesma lógica, a disposição dos móveis nos cômodos deve sempre permitir a livre circulação. Móveis bloqueando entradas podem significar vários tipos de limitações, como, por exemplo, dificuldade para gerenciar a vida.

3. Evite colocar móveis e objetos entre duas portas. Na técnica oriental, isso pode gerar um obstáculo para a aproximação entre duas pessoas, gerando problemas de desentendimentos e conflitos.

4. Se possível, evite janelas e espelhos exatamente na frente da porta de entrada. Caso contrário, toda energia que entra, atraída pela luz, dissipa-se pela janela ou pela reflexão do espelho. Quando não tiver jeito, uma cortina na janela pode ajudar a amenizar a perda de energia. Outra opção é pendurar um cristal multifacetado na distância entre a porta e a janela.

5. Escadas não devem ser construídas em frente a portas de entrada! Para evitar que a energia que entra pela porta da frente escape do térreo e vá apenas para o andar superior. O cristal multifacetado (ou um belo biombo) também pode ajudar a amenizar essa situação.

feng-shui

6. Porta de entrada e porta do banheiro não podem ser alinhadas. O banheiro é o cômodo mais pesado da casa por sugar muita energia, assim, alinhá-lo com a porta de entrada é o mesmo que abrir um canal para que toda a energia absorvida entre pelo ralo literalmente. Problemas financeiros e distúrbios digestivos são uma tendência para quem convive nesse ambiente. Um espelho na porta do banheiro ou um biombo podem ajudar.

7. Nunca deixe a cama de costas para porta ou janela! O Feng Shui acredita que camas mal posicionadas podem significar traições. Receba a energia sempre de frente! É importante que o quarto também seja composto de cores leves e que transmitam calma, como o azul, violeta ou o verde claro, para ajudar na hora do sono.

8. Elimina quinas e móveis que podem machucar. Se toda hora que você passa pela sala, você topa o joelho na mesa de centro, a mensagem que você está passando para o cérebro é de que sua casa não é um local seguro. Coloque protetores nas quintas e não hesite em se desfazer de móveis e objetos que machucam na passagem.

9. Não adie o conserto das coisas! Coisas quebradas e mal cuidadas em casa refletem coisas mal resolvidas internamente. Conserte o que não funciona mais e jogue fora o que não tem mais jeito.

10. Traga plantas para dentro de casa! Por mais habituados que estejamos à cidade, o fato é que a nossa essência é natural e sente falta do verde e do contato com a natureza. Existem diversas espécies de plantas fáceis de cuidar indicadas para dentro de casa, como crisântemo, espada de São Jorge, cacto e violeta.

Abaixo a imagem apresenta o significado das cores no Feng Shui e as plantas que equilibram cada uma das áreas de sua vida.

as-cores-no-feng-shui-3Fonte: Dicas de Mulher

Calça Branca, peça chave no guarda-roupa.

Engana-se quem ainda se prende ao estigma de que a calça branca é algo difícil de combinar e não pode ser usada como coringa no armário. Clean e cheia de estilo, a peça traz inúmeras possibilidades de looks e agrega sofisticação e elegância a mulher. Além disso, a calça tem o poder de deixar uma mulher muito mais feminina e realçar os pontos fortes de cada uma.

A combinação de peças claras é ideal para aquelas que buscam criar um visual mais sofisticado. Além disto, é um equivoco achar que está proibido abusar do visual todo trabalhado em peças mais claras nas diferentes estações do ano. O ideal é saber combinar e utilizar as peças certas. As mais pesadas conquistam o inverno com descontração, enquanto as mais leves e soltas são ideais para os looks de verão, por exemplo.

calca-branca-1
 

4 dicas para não errar na hora de usar a calça branca

1. Camisas vermelhas e azuis são infalíveis na hora de montar um look com a calça branca. Com elas, um look com ar “navy” é conquistado sem deixar de lado a feminilidade e o estilo. O mesmo vale para os modelos listrados e com estampas marinhas.

2. Atenção à previsão do tempo! As calças brancas não combinam nada com dias chuvosos. A combinação entre os dois pode trazer experiências desagradáveis quando o assunto é uma cor que tende a ficar transparente quando molhada.

3. Acessórios são os melhores aliados do modelo, principalmente em looks nos quais a calça é combinada com outras peças claras e em tons pastel. Colares, pulseiras, anéis, cintos e até mesmo sapatos coloridos são ideais para animar o visual e adicionar cor na medida certa.

4. Atenção para o uso de lingeries, elas não podem marcar de jeito nenhum. Prefira modelos sem costura e da cor da pele.